CAMPOS GERAIS FOI REPRESENTADO NO PRÓ-MANANCIAIS EM BH
Atualizado em 13/12/2018

Representantes de vários municípios mineiros participaram, entre os dias 4 e 6 de dezembro, da 2ª edição do Encontro do Pró-Mananciais, promovido pela Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) para discutir as ações desenvolvidas para preservação dos cursos d’água utilizados para o abastecimento público no estado. O evento, realizado no Ouro Minas Palace Hotel, em Belo Horizonte, contou com palestras de especialistas em políticas públicas e educação ambiental, além de mais de 400 integrantes dos Coletivos Locais de Meio Ambiente (Colmeias) de várias cidades, incluindo Campos Gerais, uma das 140 Colmeias do estado. Também foi apresentado um balanço das ações desenvolvidas em 2018 e o planejamento para 2019 do programa. Representando o município de Campos Gerais estiveram presentes os funcionários da Prefeitura Alci marques e Valdinei Barboza, o funcionário da Copasa Paulo Cesar Vital.

O Chefe do Departamento de Cultura e Assessor de Comunicação da Prefeitura de Campos Gerais Alci Marques, foi convidado a pronunciar e esclarecer sobre as ações, os problemas enfrentados e os resultados que os municipios de Campos Gerais, Capinopólis, Capitolio e Caratinga obtiveram com o programa. “Em relação a outros municípios onde foram criados os Colmeias podemos dizer que Campos Gerais está bem adiantado com suas ações. Através de uma parceria entre Prefeitura, Copasa, Sindicado dos Produtores Rurais e Sicoob CredCam foram feitas 10 mil metros de cercas para proteger nascentes, foram plantadas 13 mil mudas de árvores, foram construídas mais de cinquenta cacimbas (caixas secas), cascalhadas e reformadas mais de 13 KM de estradas rurais, aproximadamente. Nas escolas foi desenvolvido o Projeto Água Boa (Como preservá-la?), três escolas participaram e houve premiação para os alunos que plantaram uma árvore e melhor cuidaram dela no decorrer do ano de 2018. Para 2019 o Colmeia de Campos Gerais pretende ampliar a divulgação do Programa e trazer novos parceiros para fortalecer o Coletivo local”, afirmou Alci.

De acordo com Alci Marques, não há recursos financeiros do município envolvidos. “A Prefeitura contribui com a mobilização ambiental, a articulação com parceiros e o fornecimento do maquinário para a construção de cacimbas e reformas de estradas. Em Campos Gerais, o projeto está sendo executado inicialmente nas comunidades da Serra do Paraíso, Capoeirinha, Serradão e Micro-Ondas. Depois, expande para outras comunidades”, lista o assessor.

Pró-Mananciais
Desde a sua criação pela Copasa, em dezembro de 2016, o Pró-Mananciais busca mobilizar a comunidade e parceiros estratégicos no cuidado para proteger e recuperar os cursos d’água. Atualmente já está presente em 140 municípios (Colmeias) em que a Companhia detém a concessão dos serviços. As colmeias são formadas por representantes do poder público, sociedade civil, entidades e empresas. O Pró-Manancias conta com recursos da ordem de R$ 20 milhões anuais, da Copasa, que são aplicados em ações de cercamento de nascentes, plantio de árvores, construção de bacias de contenção de água de chuvas, entre outras. Além das ações de sensibilização, mobilização e educação ambiental, o programa valoriza o conhecimento e a experiência das comunidades para construir coletivamente o sentimento de pertencimento da população à microbacia de região na qual está inserida e o consequente engajamento na defesa das águas.

OUÇA A FALA DO REPRESENTANTE ALCI MARQUES:

CLICK AQUI E VEJA : TRABALHO NAS ESCOLAS

CLICK AQUI E VEJA: REFORMAS NAS ESTRADAS RURAIS

CLICK AQUI E VEJA: PROTEÇÃO DAS NASCENTES